Home / Notícias / Maior Centro de Lutas da América Latina é inaugurado em São Caetano

 


centro-de-lutas
A Prefeitura de São Caetano do Sul inaugurou, no sábado (1º/6), o mais novo e maior centro de lutas da América Latina, o Centro de Treinamento Esportivo Mario Chekin.

O evento contou com as presenças do prefeito José Auricchio Júnior, do deputado estadual Thiago Auricchio, do vice-prefeito e secretário de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ), Beto Vidoski.

Também prestigiaram a cerimônia, secretários e vereadores municipais, a esposa do condecorado com o nome do equipamento esportivo, Mafalda Chekin, um de seus filhos e ex-secretário de Esportes de São Caetano Mauro Chekin, além do presidente da FPJudô (Federação Paulista de Judô), Alessandro Puglia, do presidente da FPV (Federação Paulista de Vôlei), Renato Pera, da presidente da Febesp (Federação de Boxe do Estado de São Paulo), Cidinha Oliveira, e do vice-presidente da FPK (Federação Paulista de Karatê), sensei Pedro Oshiro, e do campeão olímpico de Argolas Arthur Zanetti.

“Há mais ou menos 15 meses, acordamos com uma notícia muito triste para o esporte de São Caetano do Sul, que foi a rescisão unilateral da B3 (antiga BM&F) que confirmava a saída de toda a equipe deste espaço, única pista indoor de atletismo do Brasil. Entretanto, num trabalho conjunto de articulação com os esportes de artes marciais, hoje estamos aqui inaugurando esse belíssimo equipamento esportivo para mais de 1.200 moradores de São Caetano, entre atletas de alto rendimento e do (programa) Esportivo Comunitário”, ressaltou Auricchio.

O CTE Mario Chekin irá contemplar sete modalidades (taekwondo, jiu-jitsu, muay thai, karatê, judô, boxe e kickboxing), entre atletas e comissões técnicas, além da equipe de atletismo, que diariamente usará o espaço externo e, em dias de chuvas, utilizará a parte interna (no mezanino). O complexo terá o segundo maior tatame fixo do mundo, com cerca de 2.300 m², com 1.278 blocos de 2m x 1m.

Um dos idealizadores do CTE Mario Chekin, Beto Vidoski irradiava alegria com a concretização do novo espaço. “Trata-se da realização de um sonho, que sonhamos juntos, assim que soubemos da rescisão unilateral da B3, e quando falei com o prefeito Auricchio e tivemos a ideia de transformarmos o espaço, que ficaria ocioso, num centro de treinamento para os esportes de tablado (lutas) e ele aceitou prontamente”, relembrou Vidoski.

ct-lutas

FEDERAÇÕES
Ao lado de professores e judocas na inauguração do maior Centro de Lutas da América Latina, o CTE Mauro Chekin, o presidente da FPJudô, Alessandro Puglia, comentou com muita satisfação o momento vivenciado neste sábado. “Para mim, que sou de São Caetano, é indescritível a alegria de estar aqui hoje. Gostaria de parabenizar o prefeito Auricchio e o Vidoski, secretário de Esporte (SELJ), que concretizaram este sonho, aliás a maior realidade da América Latina”, concluiu Puglia.

Quem também fez questão de estar presente neste sábado foi o sensei Pedro Oshiro, vice-presidente da FPK. “Com certeza, este centro de treinamento que contempla as artes marciais tem estrutura internacional e além de abrigar o alto rendimento estará aperfeiçoando crianças que, tenho certeza, sairá algum atleta que chegará a ser campeão, seja nos tatames ou como seres humanos, pois é isso que as artes marciais fazem criam campeões no tatame e na vida”, finalizou Oshiro.


- Foto: Letícia Teixeira / PMSCS
- Fonte e texto: Bignardi Junior / PMSCS


*COMPARTILHE: