Home / Notícias / Personalidades de São Caetano recebem Medalha dos Autonomistas

 


medalha-autonomistas
A coragem de 95 líderes autonomistas, que lutaram pela independência de São Caetano do município de Santo André no século passado, deu o tom da sessão solene que homenageou 69 personalidades do município com atuação destacada nos segmentos em que atuam.

São os chamados “perfis autonomistas”, condecorados com medalhas especiais em evento que ocorreu na Câmara de Vereadores, no sábado (21/10), e que contou com a presença de cerca de 800 pessoas.

“A coragem é a maior virtude de todos que aqui estão, é o motivo que nos une. Esses líderes tiveram a coragem de sonhar, ousar e brigar pela Autonomia de São Caetano. E, vocês, homenageados de hoje, também têm este ‘espírito autonomista’, de conduzir suas famílias e defender seus empreendimentos”, destacou o presidente do Legislativo, vereador Pio Mielo (PMDB), ao enfatizar a nova fase político-administrativa de São Caetano. “Vivemos um momento em que não há mais espaço para disputas viscerais e ranços políticos. É momento de olhar em frente, olhar à frente”.

“O movimento autonomista se iniciou bem antes, ele eclode em 1928 por meio de homens ligados à Cerâmica São Caetano. Esse movimento foi ter sucesso em duas décadas, após movimento social e político muito intenso. A Carta Constituinte de São Paulo, promulgada em 1947, onde foram legitimados os plebiscitos, foi o marco que permitiu a independência de São Caetano”, discorreu o prefeito José Auricchio Júnior (PSDB).

A Medalha dos Autonomistas foi criada por Gersio Sartori, vereador e presidente da Câmara à época, em outubro 1997, por meio da Resolução número 877, em referência aos 50 anos de Autonomia de São Caetano do Sul. Mais tarde, Moacyr Rodrigues criou a Semana da Autonomia para, posteriormente, o projeto ser atualizado pelo atual chefe do Legislativo, vereador Pio Mielo (PMDB).

Desirèe Malateaux Neto e Mário Dal’Mas, que fez alusão à data na tribuna, estiveram presentes na cerimônia realizada no Salão Nobre Professor Roberto Manzo, no Edifício Prefeito Oswaldo Samuel Massei, sede da Câmara Municipal de São Caetano do Sul. Nelson Infanti foi representado por sua filha, Luciana Infanti.

*HOMENAGEADOS: Ademir Medici; Adilson Paulo Dias; Anderson Luiz de Almeida Penteado; Antonio Carlos Henriques; Antônio Carlos Palandri Chagas; Antonio Julio Pedroso de Moraes; Beatriz de Carvalho Alves; Benedito Carlos de Oliveira Junior; Celso Amancio; Claudia Aloia; Cláudio Demambro; Claudio Hiroshi Takata; Dagoberto Jeronimo do Nascimento; Dionizio Lozano Rubio; Edson Luiz Cruzero; Eduardo Aparecido Errera Garcia; Eduardo Cardoso de Almeida Castanheira; Eduardo Di Gennaro; Fernando Trincado Simon; Francisco Candido Gouveia; Gersio Sartori; Glaucia Cileide Damaris Uliana; Irma Piratelo de Souza; Isaac Ramiris Zetune; João da Costa Faria; João Francisco Martin; João José Dario; João Rodrigues; Joaquim Pratas da Costa Filho; José Augusto da Silva; José de Almeida Filho (in memorian); José de Souza Martins; Julio Abdala Calil; Juventino Figueira Borges; Lázaro Roberto Leão; Leandro Campi Prearo; Luis Antonio Moretto; Luis Carlos Morcelli; Luiz Carlos Martins Buosi; Luiz Emiliani; Marisa Catalão de Carvalho Campozana; Mauro Russo; Miguel Parente Dias; Milton Tutia; Moacyr Antonio Ferreira Rodrigues; Murilo Cervi; Nelson Antonio Braido; Nereide Martins Castaldelli; Nicola Greco Nascimento; Odair Gardin; Oliveira Luiz de França; Osvaldo Luiz Padovan; Paulo Higino Bottura Ramos; Paulo Hoffman; Paulo Nunes Pinheiro; Paulo Sérgio Garcia; Ramis Sayar; Reinaldo Alberto Perez; Ricardo Leal Nunes; Rodrigo Rocco Razuk Maluf; Rosa Maria Riera; Silvio Augusto Minciotti; Tania Bertassoli; Thiago Bianchi D’Auria; Valdecir Jorge Aparecido Leonardo; Vildner de Santis; Walter Estevam Junior; Walter Figueira Júnior; e Wanderson Cintra Silva.


- Fonte, texto e fotos: Câmara Municipal de São Caetano do Sul


COMPARTILHE: