bairro olímpico são caetano do sul


MAPAS (google)


FOTOS ANTIGAS

estádio foto

estádio antigo

igreja são bento

bairro estádio


HISTÓRIA

Com mais de 22 quilômetros de ruas curvas, em razão das irregularidades do terreno, o Bairro Olímpico faz fronteira com os bairros Santa Maria e Barcelona pelas alamedas São Caetano e Conde de Porto Alegre. A Rua São Paulo é o seu limite com o Bairro Santa Paula e a Rua Sílvia, com o Bairro Boa Vista. As fronteiras com o Bairro Oswaldo Cruz são a Avenida Vital Brasil e uma linha imaginária entre a Rua Ingá e a Avenida Paraíso.

O Bairro Olímpico é um dos maiores da cidade em extensão territorial e compõe-se de uma parte alta e de um fundo de vale, cortado pelo Córrego do Moinho, onde hoje é a Avenida Presidente Kennedy.

A urbanização da localidade começou por volta de 1950. Nessa época, era chamada de Monte Alegre Novo. Por influência do famoso livro Morro dos Ventos Uivantes e em virtude dos fortes ventos, este era o nome do descampado onde se construiu o Estádio Municipal Anacleto Campanella, em 1954. O complexo esportivo acabou tendo influência na mudança de nome do bairro que, primeiramente, era chamado de Vila Olímpica, e que, em 1968, recebeu a denominação atual (o que se justifica, uma vez que grande parte das obras e equipamentos esportivos da cidade se encontra na região).

Antes de 1950, existiam ali três loteamentos: Vila Ressaca, Vila Camila e Vila Monte Alegre. A Vila Ressaca, que se estendia parcialmente pelo Bairro Barcelona, foi aberta por José e Jorge Kuprich. A Vila Camila era propriedade de Adolpho Thiele e a Monte Alegre pertencia a José Ganger, Gisela Heinsfurter e Stefan Gutman.

Na antiga chácara do Dr. Souza Voto – uma reserva ecológica existente entre a Alameda Conde de Porto Alegre e a Avenida Presidente Kennedy – funcionava um clube de elite que se dedicava à prática de tiro ao alvo. Nos anos 1960, a área foi desapropriada e ali foram instalados uma escola estadual (atual EMEF Eda Mantoanelli), um teatro (Teatro Paulo Machado de Carvalho), uma praça, uma escola para pessoas com deficiência (Fundação Municipal Anne Sulivan), a antiga sede da APAE e um parque para a recreação infantil (Cidade das Crianças). Em 1965, a parte mais elevada da área, próxima ao estádio, entrou em fase de expansão e urbanização, processo que se estende até os dias de hoje.


Fonte e Fotos Antigas: Fundação Pró Memória de São Caetano do Sul


Share Button