Home / Notícias / Sesc São Caetano realiza o Conexão Capoeira 2019

 


capoeira
No período de 23 à 27 de Julho, o Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC” que através de vivências, bate papos e workshop contará a história da prática na região do ABC e curiosidades sobre a manifestação sociocultural de origem afro-brasileira, que mistura luta, dança, elementos da cultura popular e música.

Atividade gratuita e aberta ao público geral.

O projeto Conexão Capoeira ABC, propõe-se a ser um catalisador em discussões acerca das questões históricas da capoeira local, dos direcionamentos contemporâneos desta manifestação, um momento oportuno para formação e instrumentalização de mestres e professores de capoeira e de áreas correlatas, e ainda um espaço para a troca de saberes e experiências.

- SERVIÇO:
Sesc São Caetano
Dias 23 à 27 de Julho
Rua Piauí -554 Santa Paula – São Caetano do Sul
Recomendação etária: livre
Ingressos: Retira de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento. Limitado a 4 ingressos por pessoa.
Telefone para informações: (11) 4223-8800
Para informações sobre outras programações acesse o portal sescsp.org.br/saocaetano
Horário de atendimento/bilheteria do Sesc São Caetano – De segunda a sexta, 9:00 às 21:30, sábados e feriados, das 9:00 às 17:30 .

- PROGRAMAÇÃO:

BATE-PAPO: 23/07. Terça, às 19h
Cultura, Códigos Capoeirísticos e Contemporaneidade no Jogo da Capoeira
Com Mestre Valdenor Silva Santos e o Professor Dario Paulo Barrera Rivera

Uma abordagem acerca dos costumes, códigos e sinais que permeiam a Capoeira desde os tempos passados até os dias atuais. Bate papo sobre a ancestralidade quando relacionada ao corpo, cultura e religião, trazendo para a discussão questões evolutivas, de apropriações e descaracterizações da cultura popular brasileira.

 

AULA ABERTA: 23/07. Terça, às 21h
Oficina de Jongo
Com Mestre Miudinho

O Jongo é uma manifestação de origem africana e faz parte da cultura afro-brasileira em especial, e da cultura popular brasileira como um todo, que traz em sua gênese a música, a poesia de improviso e a dança, também conhecido como caxambu e corimá, é praticada ao som de tambores e essencialmente rural. Considerado por muitos como o pai do Samba, influiu poderosamente na formação do samba carioca,. Segundo os jongueiros, o jongo é o samba.

 

CAPOEIRA REGIONAL: 24/07. Quarta, às 21h
Com Mestra Samila Zambetti dos Santos e Mestre Gildasio Pereira de Oliveira

Roda de Capoeira com Foco na Pedagogia. Discussão sobre os elementos básicos fundamentais para o ensino da Capoeira. Todo o profissional da área de Educação Física deve primar para que todo o aluno vivencie as diferentes formas que a cultura corporal de movimento tem oferecido, e incluído neste processo está a Capoeira.

 

CAPOEIRA COMO SÍMBOLO DE RESISTÊNCIA: 25/07. Quinta, às 19h
A Roda Como Lugar de Fala Com Womualy Gonzaga dos Santos e Claudia Cezar da Silva

Uma reflexão a respeito da Capoeira como símbolo de resistência no enfrentamento das questões étnicas, sociais e culturais.

Enfoque nas relações sociais do entorno da Capoeiragem enquanto movimento político, conscientização e reconhecimento da Identidade Negra no Brasil bem como seus desdobramentos nos diversos recortes governamentais.

 

CAPOEIRA ANGOLA: 25/07. Quinta, às 21h
Com Womualy Gonzaga dos Sant os e Cláudia Cezar da Silva

A Capoeira é considerada como uma prática cultural que se organiza em forma de sistema, constituindo-se pelos seguintes elementos: a roda, os toques musicais de berimbau, as músicas, a ginga e os movimentos corporais de dois estilos (Capoeira Regional e Angola). Há, portanto, uma interdependência, em que os participantes da roda deverão se revesar nestas diferentes funções no decorrer do jogo, ou seja: o capoeirista deverá saber desempenhar todas as formas necessárias para ocorrer o evento: tocará tanto o berimbau quanto o atabaque, o pandeiro, o agogô e o caxixi e ainda revezará com outros participantes jogando e também cantando.

 

MÚSICA: 26/07. Sexta, às 20h
Capoeira de Outra Maneira

Transpondo o universo das rodas de Capoeira, principalmente quando relacionado a musicalidade, o projeto propõe releituras de músicas tradicionais de Capoeira trazendo arranjos e formatos originais sem que estes sejam um elemento de descaracterização.

 

WORKSHOP: 27/07. Sábado, das 9h às 12h
Experiências Sensório Motoras no Ensino da Capoeira para Idosos
Com Diolino de Brito e Regina Gerizani

Workshop com abordagem voltada à exploração e o desenvolvimento sensório motor na relação ensino aprendizagem da Capoeira para idosos.

A capoeira melhora o desempenho físico, corrige a postura corporal, aumenta o reflexo, a capacidade cárdiorespiratória e conseqüentemente o condicionamento físico. Além do corpo, a capoeira também desenvolve a saúde mental de quem a pratica. Melhorando a memória, desenvolvendo o raciocínio e aumentando a auto-estima.

A parte musical da capoeira, também tem o seu papel importante. Pois a música tem o poder de entreter as pessoas e fazer com que desenvolvam um trabalho em conjunto, através da percepção musical e do relacionamento com as pessoas.

 

EXPLORAÇÕES AFRO RÍTMICAS (para a 2° e 3° Infância): 27/07. Sábado, das 9h às 12h
Com Rose Maria de Souza

Workshop voltado para explorações afro-rítmicas dançantes relacionado ao ensino aprendizagem para crianças entre 4 e 10 anos de idade.

Atividades, jogos e brincadeiras que podem ser utilizadas como ferramentas para o ensino da Capoeira para crianças.
Os exercícios de Capoeira envolvem todas as partes do corpo e são executados associados a um ritmo que favorece a integração dos envolvidos, desenvolvendo de maneira eficaz os seguintes aspectos: Imagem do Corpo, Auto-Imagem, Equilíbrio, Associação Visual Motora, Coordenação, Movimentos de locomoção e movimentos uniformes, Orientação Espacial, Lateralidade, Direcionalidade.


- Fonte, foto e texto: Assessoria de Imprensa Sesc São Caetano


*COMPARTILHE: