Notícias

São Caetano é a cidade mais alfabetizada do Sudeste e a 3ª do Brasil


São Caetano do Sul é a terceira cidade com maior índice de alfabetização do Brasil na faixa etária de 15 anos, e a primeira dentre os municípios que têm entre 100 mil e 500 mil habitantes.

É o que revela o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado nesta sexta-feira (17/5). As informações integram o Censo 2022 – Alfabetização.

“Esses índices refletem o trabalho consistente que temos feito em favor da Educação, investindo na carreira do magistério, na infraestrutura de nossas escolas e nos recursos tecnológicos. Vamos continuar nesse caminho de excelência, que é a base do futuro de nossa cidade”, celebrou o prefeito José Auricchio Júnior.

Com 98,84% dessa população alfabetizada, São Caetano do Sul ocupa uma posição excepcional. Entre todos os 5.570 municípios brasileiros, fica atrás apenas de São João do Oeste (Santa Catarina), que tem 99,1% da população alfabetizada nessa faixa etária, e Westfália (Rio Grande do Sul), com 98,95% de taxa de alfabetização.

Na Região Metropolitana de São Paulo, onde os índices de alfabetização estão entre os melhores do País, São Caetano está à frente, por exemplo, de Santo André (97,99%), São Bernardo do Campo (97,6%), a capital (97,42%), Ribeirão Pires (97,18%) e Diadema (96,78%).

A porcentagem de analfabetos na população brasileira caiu de 9,6%, de acordo com o Censo de 2010, para 7%, pelos dados de 2022.

PRÊMIO
O IBGE optou por divulgar as informações referentes ao recorte etário de 15 anos ou mais por ser o mais utilizado, internacionalmente, para a aferição das taxas de alfabetização. Mas mesmo entre as crianças, os níveis de alfabetização de São Caetano têm se destacado.

Em fevereiro deste ano, São Caetano recebeu o Prêmio Destaque em Alfabetização, do Governo do Estado, na categoria Maior Percentual de Leitores. O anúncio foi feito por ocasião do lançamento do Programa Alfabetiza Juntos SP, do Governo do Estado de São Paulo.

A totalização dos resultados no Estado indicou que 64% dos estudantes com até 7 anos foram considerados leitores iniciantes ou fluentes. Em São Caetano, este percentual é maior: 73% (39% em fase inicial e 34% fluentes). A cidade é a nona entre os municípios paulistas com mais de 100 mil habitantes.

O prêmio foi concedido com base na Avaliação de Fluência Leitora, realizada pelo governo estadual no ano passado para mensurar o desempenho individual dos alunos de escolas estaduais e municipais na leitura e compreensão de textos escritos.

Estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental foram avaliados por meio de um aplicativo de celular que gravou a leitura de um texto. Foram consideradas leitoras fluentes as crianças que conseguiram ler entre 45 e 60 palavras corretamente no decorrer de um minuto e entre 28 e 40 pseudopalavras (palavras inventadas ou sem significado), atingindo 97% de precisão na leitura.

Por esse desempenho, São Caetano foi um dos 60 agraciados com o prêmio Maior Percentual de Leitores. Outros 60 municípios receberam o prêmio “Maior Percentual de Crescimento entre as Avaliações Diagnóstica e Somativa”.

 


  • Fonte, foto e texto: PMSCS


CADASTRE-SE! Receba Notícias, Informações, Dicas e Novidades sobre São Caetano do Sul.